Início Destaque Alessandra Campêlo detona médico que pediu impeachment de Lima

Alessandra Campêlo detona médico que pediu impeachment de Lima

191
0

Alessandra Campêlo, presidente da Comissão que analisa o processo de Impeachment de Wilson Lima e Carlos Almeida, usou a Tribuna da Assembleia para denunciar o médico Mario Viana, presidente do Sindicato da categoria e autor do pedido de cassação dos mandatos de governador e vice. A deputada que é apoiadora do atual governo disse que o médico é conhecido de outras gestões e recebe salário pelo Estado sem trabalhar. “Ele é candidato, acho que a vereador. Pessoas que querem tumultuar o processo e fazer isso de palanque eleitoral”.

Mario entrou com uma questão de ordem para pedir que sejam afastados do processo de julgamento os deputados citados na lista dos 5% encontrada pela Polícia Federal com o Governador. Alessandra afirma que Mario Viana deveria estar fora do Sindicato, mas vem renovando pedido de afastamento do IML há anos para se manter no cargo de presidente, desde 2010.

Com a ficha completa do algoz de Lima nas mãos, ela afirma que Viana foi cedido para a Susam. “Ele é cedido para a Susam, na Susam ele não trabalha, mas recebe indiretamente através de cooperativas e empresas médicas”, acusa Campêlo, que vai desidratando o médico, tentando mostrar que ele não tem moral para pedir o afastamento dos deputados da lista dos 5%. “O Estado paga para ele três vezes. Ele não trabalha no IML, nem na Susam, mas recebe por cooperativa médica e empresa médica. Esse é o cara mais honesto do mundo. Esse é o honestíssimo Mário Viana, que invadiu uma maternidade e quebrou uma jarra na cabeça de um médico”.

Campêlo disse que ele recebeu mais de R$ 22 mil em salários para “estar por aí e fazer politicagem e mentir”. Até o momento o médico não respondeu. Alessandra segue comandando o processo de impeachment e tem, na pessoa do primo, Marcellus Campêlo, o secretário interino de Saúde.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui