Início Destaque Após polêmica com adega de vinho, Lima pede respiradores ao ministro da...

Após polêmica com adega de vinho, Lima pede respiradores ao ministro da Saúde
Contradições em plena pandemia de Covid-19

424
0

A compra de 24 ventiladores hospitalares por R$ 2,9 milhões, em uma adega de vinho, que tanto vem dando o que falar para Wilson Lima, não desanimou o governador a pedir. Hoje, junto da secretária de Saúde, Simone Papaiz, em reunião por videoconferência com o Ministro da Saúde, Nelson Teich, ele pediu que o ministro compre respiradores. A compra teve sobrepreço de 316%.

Participaram da reunião governadores e secretários de Saúde dos estados da região Norte. “Nossas principais necessidades são aquelas já apresentadas aqui, sobretudo a questão dos respiradores. Temos tido reuniões constantes com o Ministério da Saúde para podermos avançar nesses itens. Ontem conversei com o general Pazuello, que me falou do plano que está sendo construído para o Amazonas para que possamos combater o coronavírus”, frisou o governador.
O ministro ficou de dar uma resposta. Hoje o TCE abriu investigação nas contas da Susam, inclusive os respiradores. “Na última segunda, o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, admitiu uma representação do Ministério Público de Contas (MPC), que pede a suspensão da compra de ventiladores pulmonares pelo Governo, e encaminhou os dados para análise de mérito da conselheira Yara Lins dos Santos”, informou o órgão de controle.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui