Início Momento Baré Bolsonaro e Lima: dois homens no paredãoPolêmicas e mais polêmicas

Bolsonaro e Lima: dois homens no paredão
Polêmicas e mais polêmicas

145
0

Jair Bolsonaro e Wilson Lima, presidente e governador. Aqueles que precisam liderar o Brasil e o Amazonas no meio de uma pandemia. Ambos têm em comum esta missão e uma situação inegável: estão na berlinda.

Bolsonaro chamou o coronavírus de “gripezinha”, “resfriadinho”, “fantasia”. Desdenhou do poder mortal da doença, peitou médicos, infectologistas, OMS, até o ministro da Saúde. Disse que o Brasileiro tem de enfrentar a pandemia “como homem”. E perguntou se alguém tá “com medinho” de pegar a Covid-19.

Agora, diante do recorde de mortes dos compatriotas, perguntou: “E dai?”. Ao que parece, nada o fará mudar. Absolutamente nada. “Eu não sou coveiro”.

Wilson Lima se vendeu como “o novo”. Disse que a bronca era com ele. Mas o vírus chegou, desnudou a Saúde falida do Amazonas, mostrou os gastos injustificáveis, colocou o apresentador nas cordas, diante do colega jornalista Roberto Cabrini, Lima gaguejou.

Enfermeiros, médicos, o povo e os políticos o pressionam. A adega de vinho, as mortes nos Delphina, a secretária que apareceu vinda de São Paulo de um dia para o outro, os pedidos de renúncia e impeachment.

Bolsonaro e Lima podem não pegar coronavírus. Mas não sairão os mesmos da pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui