Início Policial Chacina no São Raimundo: desespero e dor marcam reconhecimento dos corposFamiliares se...

Chacina no São Raimundo: desespero e dor marcam reconhecimento dos corpos
Familiares se desesperam em lágrimas ao identificarem vítimas de ataque brutal.

131
Chacina no São Raimundo: desespero e dor marcam reconhecimento dos corpos
Foto: reprodução

Manaus – Na noite de terça-feira (26), o bairro São Raimundo, em Manaus, foi palco de uma brutal chacina que deixou quatro mortos e um ferido grave. O crime, motivado por acerto de contas entre facções criminosas, gerou cenas de dor e desespero entre os familiares das vítimas.

Familiares de Fabrício Seixas e Jean da Cruz Lopes, dois dos jovens mortos no ataque, se desesperaram ao reconhecerem seus corpos. A irmã de Jean, tomada pela dor, gritava por seu retorno e precisou ser amparada por outros familiares. A Polícia Militar interveio para preservar a cena do crime.

Segundo a 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), as vítimas estavam em uma reunião quando foram surpreendidas por integrantes de uma facção rival e alvejadas por disparos de arma de fogo. O único sobrevivente, João Pedro de Melo, de 19 anos, está em estado grave no hospital.

Após perícia no local, os corpos foram removidos pelo Instituto Médico Legal (IML). A investigação do crime fica a cargo da Polícia Civil, que busca identificar e prender os autores da chacina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui