Publicidade
Início Destaque Em Brasília, professora desabafa para Bolsonaro: “Reabra o comércio!”

Em Brasília, professora desabafa para Bolsonaro: “Reabra o comércio!”

532
0

Um desabafo de uma mãe de família para o presidente Jair Bolsonaro está bombando nas redes sociais. Sem se identificar, ela disse que está quase passando fome em casa com os filhos por não poder mais dar aulas em casa por causa da quarentena, e pediu ao presidente que reabra o Brasil. “Não quero dinheiro do Governo. Quero trabalhar”.

Diante dos aplausos dos apoiadores do presidente e dos filhos em lágrimas, a mulher prosseguiu. “As Americanas estão abertas, mas o camelô não pode trabalhar”. Bolsonaro ficou parado escutando o desabafo da mulher, que continuou seu raciocínio.  “Como mãe, preciso voltar a trabalhar. Não tem condições de viver nessa situação. Não vim pedir por mim, vim pedir por milhões de pessoas”.

Bolsonaro chegou a cogitar decretar o fim da quarentena no Brasil, mas desistiu na segunda-feira. “A senhora fala por milhões de pessoas”, disse o presidente, que desde o começo bate na tecla da importância de manter os empregos. Apesar do pacote econômico, é pouco provável que o Brasil resista muito tempo parado. “Abre esse comércio. Eu sou professora particular e não posso dar aula. Vai faltar tudo na minha. Eu não quero dinheiro do Governo. Eu quero trabalhar presidente”.

A professora afirma que está junto com o presidente “que quer ajudar o povo e por isso querem lhe derrubar”. Bolsonaro sancionou no projeto de ajuda de R$ 600 para os trabalhadores informais, e anunciou medidas para empresários manterem os empregos.

Veja o vídeo: 

Fonte: Maskate News

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui