Início Destaque Juíza manda soltar pai que matou estuprador da filha no AmazonasEm Barreirinha...

Juíza manda soltar pai que matou estuprador da filha no Amazonas
Em Barreirinha

5703
2
Foto: Marcondes Maciel

O pai que matou o estuprador da filha em Barreirinha foi soltou pela Justiça, atendendo pedido da Defensoria Pública. A menina de 7 anos foi buscar água no rio e no caminho foi pega pelo abusador. Sentindo falta da criança, o pai foi atrás e se deparou com a cena. De posse de um terçado, salvou a menina e matou o pedófilo.

O defensor público Gustavo Cardoso convenceu a juíza Larissa Padilha Roriz Penna de que “em nenhum momento, o assistido preso, mesmo em completo estado de choque, evadiu-se do local ou se negou à apresentação perante os órgãos da persecução penal para as providências cabíveis. Em outras palavras, tratando-se de um cidadão indígena e primário, que passou por tudo que foi relatado, a concessão da liberdade provisória figura até como imposição humanitária, tendo em vista que o assistido poderá se defender de maneira efetiva no bojo da instrução criminal.”

A juíza determina que a vítima do estupro recebe assistência e que o pai se apresente à Justiça quando for intimado e que comunique se mudar de endereço. A Defensoria Pública também requisitou do Conselho Tutelar de Parintins, Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), Fundação Nacional do Índio (Funai) e Secretaria de Assistência Social de Barreirinha informações sobre o caso e acompanhamento de todo núcleo familia.

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui