Início Destaque Negar a força do coronavírus é uma doença tão grave quanto a...

Negar a força do coronavírus é uma doença tão grave quanto a Covid-19
Sim, temos muitos curados, mas o estrago é sem precedentes

166
0

Muitas mortes, muitos cortejos, número recorde de enterros. O coronavírus está produzindo números de guerra, derrubando a economia, desnudando o caos na Saúde do Amazonas e, sem dúvida, destruindo famílias. Negar isso, é uma idiotice.

O Amazonas registrou nesta terça, mais 867 casos de Covid-19. Já são  8.109 casos confirmados, e como não há exame para todo mundo, o número pode ser duas, três, quatro e até cinco vezes maior. Muitos morrem em casa e sequer são testados. Entram na lista de mortos por síndromes respiratórias. Também foram confirmados mais 65 óbitos pela doença, elevando para 649 o total de mortes. Recorde absoluto do Amazonas.

O Brasil bateu novo recorde de novas mortes por covid-19 registradas em um dia: 600. Segundo atualização do Ministério da Saúde divulgada nesta terça-feira (5), o total subiu para 7.921. A marca representou um aumento de 8% em relação a ontem, quando foram contabilizados 7.321 falecimentos. O índice de letalidade ficou em 6,9%.

O Brasil chegou a 114.715 pessoas infectadas. Nas últimas 24 horas,  foram adicionadas às estatísticas mais 6.935 casos confirmados, incremento de 6% casos em relação a ontem, quando foram registradas 107.780 pessoas nessa condição. Após declínio estatísticas de novos casos em 24h no fim de semana, o número voltou a crescer e se aproximou do recorde de 7.218, registrado na quinta-feira (30/4).

De acordo com o Ministério da Saúde, deste total, 58.573 estão em acompanhamento (51,1%) e 48.221 (42%) já foram recuperados, deixando de apresentar os sintomas da doença. Ainda são investigadas 1.579 mortes.

Ao todo, temos 2097 recuperados no Amazonas. Isso é ótimo. Mas, dar uma de Jair Bolsonaro e ficar negando a realidade, sem dúvida, não contribui para a Saúde pública. Você pode não gostar, pode não acreditar, pode negar. Pode chamar de gripezinha…

Só que o vírus não tá nem aí pra você. Ele não pede passagem, não dá bom dia, nem pergunta sua opinião.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui