Início Momento Baré O Brasil ainda olha para a Amazônia como um bando de largados...

O Brasil ainda olha para a Amazônia como um bando de largados e pelados na Selva
Desconhecimento de causa

30
0

A foto do médico Rodrigo Damasceno mergulhado no rio para socorrer um bebê com pneumonia é mais dos retratos do abandono e do esquecimento ao qual nossa região foi relegada ao longo da história. A imagem feita na cidade de Tarauacá, nos confins do Acre, é cena corriqueira na selva Amazônica desassistida de tudo. Da Saúde à segurança.

Não fossem as lentes e o olhar apurado do fotógrafo Lucas Melo, mãe, filho, médico, canoa e o Acre, passaria, mais uma vez, despercebidos pelo Brasil, que insiste em só lembrar da Amazônia na hora de criticar o desmatamento. Somos tidos como os fornecedores de oxigênio, os exóticos.

Somos como os largados e pelados da TV. Quase não existimos para os brasileiros. Logo logo a foto será esquecida, assim como os que moram na selva são todos os dias. Os índios do mato, aquele pessoal do Norte.

Pobre Brasil dos desencantos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui