Início Policial Padre é preso acusado de estuprar jovem durante viagem missionária em Goiás

Padre é preso acusado de estuprar jovem durante viagem missionária em Goiás

129
0
Foto: Redes Sociais

POLÍCIA – “Ele estragou minha vida”. A frase vem de um estudante de engenharia de 23 anos e sintetiza seu sentimento em relação ao padre Ricardo Campos Parreiras, preso por suspeita de estupro na última quarta-feira (14/7) em Goiás.

O crime contra o jovem teria ocorrido em Nova Crixás, região norte do estado, em fevereiro de 2017. O motivo para a demora da denúncia, feita no final do ano passado, de acordo com a explicação do estudante ao Metrópoles, é atribuído, em parte, ao medo.

“Esse cara tem uma arma de fogo, meu pensamento era só esse”, disse o jovem sobre o momento em que teria sido assediado pelo religioso. As cenas de terror jamais se apagaram da memória do jovem.

A vítima vive no Rio de Janeiro e denunciou ao Ministério Público ter sido estuprada pelo religioso, quando participava de uma viagem missionária com o avô, no interior de Goiás.

O jovem decidiu fazer a denúncia em outubro de 2020, depois de um período de depressão e após tratamento psicológico. Além disso, relata que tinha medo da influência do padre e de sofrer violência, já que, dias antes do estupro, o religioso teria se gabado de ter uma arma de fogo.

Continue lendo em  Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui