Início País Policial Militar é confundido com bandido e morto pela Polícia Civil por...

Policial Militar é confundido com bandido e morto pela Polícia Civil por engano
Três tiros

512
0

A Polícia Civil de Pernambuco confirmou que abriu inquérito para investigar a morte do plocial militar Joanilson da Silva Amorim, de 33 anos, atingido por três tiros durante uma operação em Petrolina, sertão do estado. Lotado na Bahia, ele estava à paisana e foi confundido com criminosos. ““as circunstâncias da operação que levaram ao óbito”, diz a norta da PC de Pernambuco.

Joanilson levou um tiro na cabeça, outro no braço e o outro na perna. Ele era lotado na 75ª Companhia Independente da Polícia Militar, em Juazeiro, norte da Bahia. De folga, atravessou o estado e foi para casa. As cidades são bem próximas.

De acordo com os relatos, ele foi chamado por vizinhos para ajudar na captura de criminosos, mas acabou confundido com os meliantes, por usar camisa de ‘cor semelhante’ aos bandidos. ‘confundido e alvejado em situação característica de legítima defesa putativa, quando há a percepção de risco iminente’.

“A Corregedoria Geral da SDS também foi acionada e abriu investigação preliminar para investigar a atuação policial no âmbito disciplinar”, afirma a PC de Pernambuco. “É importante ressaltar que a Polícia Civil de Pernambuco atua de forma técnica e profissional buscando sempre a preservação da vida. Um levantamento do Pacto pela Vida mostrou que, desde 2007, a Polícia Civil desencadeou 563 Operações de Repressão Qualificada, resultando em 6.385 prisões. Em nenhuma dessas operações, que envolvem planejamento, uso da inteligência policial, maior efetivo e recursos, houve confrontos, tampouco mortes de policiais ou suspeitos”, esclarece a nota.

Joanilson deixa esposa e uma filha de dois anos. “É com profundo pesar que a Polícia Militar da Bahia (PMBA) lamenta o falecimento do soldado Joanilson da Silva Amorim”, diz a nota da corporação baiana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui