Início Destaque Proposta de redução de salários causa comichão nos vereadores de Manaus

Proposta de redução de salários causa comichão nos vereadores de Manaus

234
0

Um Projeto de Resolução está causando alvoroço na Câmara de Vereadores de Manaus. De autoria do vereador Chico Preto (DC), ele determina que os vereadores reduzam os próprios salários em 50% durante o período de calamidade pública, e que o dinheiro seja revertido ao combate do Coronavírus. São 41 abençoados que ganham R$ 15.031,76. Maninho, tem gente dando cambalhota, chutando balde, rodando a baiana, tendo comichão. Presidente da CMM, Joelson Silva (Patriotas), pulou!.

“Os vereadores de Manaus estão livres para realizar qualquer tipo de doação nesse momento de pandemia, desde que não infrinjam a legislação eleitoral e nem utilizem da iniciativa para fazer palanque político em pleno ano de eleições”. Vereador, não é doação. É dinheiro público. Salta aos olhos a preocupação de um vereador com a legislação na hora de abrir mão do próprio salário.

O trabalhador brasileiro está sem poder trabalhar, vai receber três parcelas de R$ 600, e não apareceu ninguém para dizer que é ilegal. Pior do que procurar uma brecha ilegal, é ser imoral com o sofrimento do povo. “Todos queremos contribuir, mas, dentro da lei e o momento é de unidade, fazer o que for melhor para o povo”. O que seria melhor para o povo? Deixar o salário dos vereadores na conta, tadinhos.

Chico Preto é acusado de fazer politicagem. Pois se for isso mesmo, já tá bom demais. O dinheiro sendo usado para o combate à Covid-19, pode ter certeza que será uma politicagem que vem para o bem. “O salário do vereador é oriundo do dinheiro dos pagadores de impostos. Essas pessoas estão em dificuldade, então é uma questão de justiça que nós os ajudemos”.

VERBA DE GABINETE

Pois bem, vamos lá. Ano passado, os vereadores aumentaram a própria verba de gabinete de  R$ 48 mil para R$ 60 mil. Impacto de quase R$ 6 milhões nos cofres de Manaus. Foi politicagem?  Foi ilegal?

Não é de hoje que os políticos brasileiros vivem sua realidade paralela e não seria agora, na pandemia, que o coração amoleceria. Vida boa, salário bom e dinheiro no bolso todo mundo quer. Mas poucos tem.

Bom, esse ano teremos eleições, e quem sobreviver até lá terá mais uma oportunidade para dizer quem manda, quem coloca o vereador na cadeira. A decisão do povo é soberana. Com ou sem redução de salário. Fica o registro. Pensem bem nisso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui