Início País Sargento da FAB preso com drogas na Espanha até hoje recebe salárioNada...

Sargento da FAB preso com drogas na Espanha até hoje recebe salário
Nada mudou

216
0

O UOL revelou neste fim de semana que o segundo sargento da FAB (Força Aérea Brasileira) Manoel Silva Rodrigues, preso ano passado com 39 quilos de cocaína dentro do avião que fazia parte da comitiva de Jair Bolsonaro, continua ganhando seu gordo salário de militar normalmente.

Réu por tráfico, ele transportava o equivalente a R$ 6,3 milhões em drogas no avião de apoio da comitiva presidencial que seguia para o encontro dos presidentes do G20. “O militar recebe brutos R$ 8,1 mil mensais, incluindo verbas indenizatórias. Em novembro, o valor bruto chegou a R$ 14,5 mil, devido à gratificação natalina. Ao longo de todo esse período, seus salários somaram cerca de R$ 97,5 mil”, revela o UOL.

Droga no avião que dava apoio a Bolsonaro

NOTA

A FAB afirma que segue os passos para que ele seja julgado. “Em nota, informaram que o “IPM (Inquérito Policial Militar) instaurado no âmbito do Comando da Aeronáutica para apurar o caso do sargento detido no aeroporto de Sevilha, Espanha, em 25 de junho de 2019, foi concluído dentro do prazo. Os autos foram encaminhados para a Auditoria Militar competente, que enviou para o Ministério Público Militar, a quem coube oferecer a denúncia, estando a ação penal em curso, conforme determina o Código Processo Penal Militar”. Segundo a FAB, foi dado início ao processo administrativo para exclusão do sargento e encaminhou pedido para que o Estado espanhol efetive a notificação do militar. O Ministério da Defesa e a Força Aérea Brasileira (FAB) atuam firmemente para coibir irregularidades e repudiam condutas que não representam os valores, a dedicação e o trabalho do efetivo em prol do cumprimento de sua missão institucional”, concluiu a nota…. –

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui