Início Destaque Suspeita de rachadinha é investigada na Câmara Municipal de ManausMinistério Público na...

Suspeita de rachadinha é investigada na Câmara Municipal de Manaus
Ministério Público na jogada

233
0

A suspeita de prática de rachadinha que envolve a família Bolsonaro e o ex-policial Fabrício Queiroz pode ter chegado ao Amazonas. O Ministério Público do Amazonas informa que o vereador Rosivaldo Cordovil (PSDB) é investigado pela prática.  O crime consiste em recolher parte dos salários pagos aos funcionários do gabinete, que são direcionados para o bolso do político.

As investigações começaram em fevereiro e estão a cargo do Grupo de Atuação Especial da Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do MP-AM. A portaria publicada no Diário Eletrônico do MP-AM, na sexta-feira, dia 19, diz que a denúncia “aponta suposto ato de improbidade administrativa praticado pelo Vereador Rosivaldo Cordovil, consistente em obrigar os assessores do seu gabinete a lhe entregar a maior parte dos seus vencimentos, contando com a participação de sua chefe de gabinete”.

O vereador emitiu nota negando as acusações do MP e afirma que não foi notificado. “Rosivaldo Cordovil informa que está à disposição da imprensa, da população de Manaus e dos órgãos competentes, para prestar as informações necessárias e mostrar a verdade com a responsabilidade e transparência, que fazem parte de sua conduta como homem público”, diz o comunicado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui