Início Destaque Mãe de amazonense morta na Holanda desabafa: “Estou toda hora me perguntando...

Mãe de amazonense morta na Holanda desabafa: “Estou toda hora me perguntando o por que”
Dor em dose dupla

2418
0

A mãe de Alice Albuquerque, Érica Albuquerque, fez um desabafo nesta segunda, quase uma semana após o brutal assassinato da jovem amazonense na Holanda. A dor da mãe que ainda luta para levar o corpo da filha de volta para o Amazonas fica claro na postagem. “Mais um dia 😭Mais uma lembrança linda nossa, vivíamos intensamente, estou toda hora me perguntando o porque ? E sentindo muita falta do seu amor. Minha boneca Alice, pois pra mim você foi uma linda boneca e princesa, que eu olhava e venerava com todo meu amor e dedicação. 😭💔. Filha aí do céu onde você está, mande forças pra mim seguir em frente e continua lutando por JUSTIÇA, por você! 👼🤍
Te amoo pra sempre vida!”

Erica compartilhou uma lembrança nesta segunda

 

FAKE NEWS

Além de lidar com a dor da morte da filha e o drama para tentar levar o corpo da Holanda para Manaus, teve de ir às redes sociais desmentir fake news contra a memória da menina. A família afirma que pessoas estão pedindo dinheiro em nome dos parentes, usando a necessidade de conseguir R$ 50 mil para o translado só para ganhar dinheiro em cima da tragédia.

No face de Érica, uma postagem pede para que as pessoas fiquem atentas. “Parem de mentir sobre o que aconteceu com Alice, reportagens mentirosas, se não foi dito pela Mãe, Padrastro (pai), ou Tio da vítima. Não é real . Não compartilhem mentiras”, diz uma mensage de uma familiar.

Além disso a família ficou incomodada com informações sobre a profissão de Alice, vítima de uma emboscada da amiga, que a matou com cinco facadas no pescoço em Rotterdam, quarta-feira passada. “Alice não queria ser modelo, ela foi modelo na infância. Alice queria ser Advogada, e fazia fotos para a loja da mãe dela. Não inventem mentiras, e não usem a dor de ninguém para aparecer.”
Neste domingo a família fez uma protesto em Manaus, pedindo que o prefeito Arthur Neto e o governador Wilson Lima ajudassem a trazer o corpo da jovem para o Amazonas. Caso a família não consiga, ele será cremada, e não é o que a família deseja. 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui