Início Cidade Prefeitura prevê mais de 4 mil mortes em Manaus no mês de...

Prefeitura prevê mais de 4 mil mortes em Manaus no mês de maio
Previsão de dias ainda mais dolorosos

146
0

A Prefeitura de Manaus prevê um cenário de terror em Manaus no mês de maio. Diante da média de sepultamentos nos últimos dias, a Semulsp cacula que 4.260 pessoas serão enterradas nos cemitérios públicos da capital. É uma média de 137 por dia. Domingo batemos a marca de 140 enterros. Antes da Covid-19, eram 30.

O prefeito de Manaus, Arthur Neto, previu há duas semana, o caos funerário que vemos hoje. Corpos são enterrados em valas, lado a lado, e ocorreu até sepultamentos de pessoas empilhadas. Caixões um em cima do outro. O método foi cancelado após críticas dos familiares.

Já há relatos de famílias que enterram os próprios parentes, por falta de coveiros, e também pessoas que ficam horas e horas com os mortos em casa. A Associação Brasileira de Empresas e Diretores do Setor Funerário (ABREDIF) pediu ao Governo Federal que ajudasse no transporte de caixões com aviões, mas o pedido foi negado. Pode faltar caixões na capital do Amazonas.

Conforme dados da Semulsp, foram registrados 118 óbitos na capital amazonense, durante a segunda-feira, 27/4. Do total de mortes, 31 foram em domicílio e nove famílias optaram pela cremação, sendo realizados 109 sepultamentos. Entre as causas de morte, dez apresentaram confirmação para a Covid-19, 30 foram registradas como causa desconhecida, mal definida ou indeterminada e outras 47 tiveram no atestado síndrome ou insuficiência respiratória, dentre outros fatores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui