Início Destaque Vereador Rodrigo Guedes aciona Justiça para barrar festa milionária de David AlmeidaDesperdício...

Vereador Rodrigo Guedes aciona Justiça para barrar festa milionária de David Almeida
Desperdício de dinheiro público

253
0

O vereador Rodrigo Guedes (PSC) anunciou neste domingo (28) que entrou na Justiça para impedir que o prefeito David Almeida (Avante) gaste mais de R$ 3 milhões com festas de fim de ano em Manaus. Com a cidade toda esburacada, cheia de problemas de estrutura e à mercê de alagamentos com o inverno, além da grande preocupação com as incertezas sobre a variante Ômicron, fica difícil entender tamanha gastança com comemorações.

Só o show de Luan Santana vai custar ao bolso do manauara R$ 600 mil, o dobro do que o cantor costuma cobrar. “Não só a cidade de Manaus, como o mundo todo, vem sofrendo ao longo de mais de um ano com os efeitos devastadores causados pela pandemia COVID-19 e suas variantes, ressaltando que não houve festa no final do ano passado. Agora nesse final de ano corremos o risco com uma nova variante mais potente, além de uma nova onda já chegando a diversos países. Precisamos resguardar a população e garantir que esse dinheiro seja investido onde realmente precisa. Além disso, Manaus está abandonada e certamente gastar R$ 10 milhões em uma festa de Reveillon não é investir o dinheiro público de forma adequada”, ressaltou o parlamentar.

Foto: Reprodução

David Almeida, que em menos de um ano já enfrentou processo de fura-fila da vacina e até pedido de afastamento do cargo, insiste em aglomerações e gastos desncessários.
“A Prefeitura de Manaus tem obrigação de agir com transparência, o que não tem acontecido, e nesse caso dos eventos é necessário respaldar tamanho investimento do dinheiro público com justificativas plausíveis, para que ações como essas não reverbere negativamente e venham ser utilizadas como exemplo negativo de uma má administração e gastos desnecessários que configuram o conhecido “pão e circo”, só que dessa vez só o “circo” está sendo fornecido ao contribuinte. Essa farra com o dinheiro público precisa acabar”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui