Início Policial Bando que invadiu residência em condomínio de luxo é preso

Bando que invadiu residência em condomínio de luxo é preso

74
0

A Polícia Civil do Amazonas deflagrou na noite de quarta-feira (25), e manhã desta quinta-feira (26), ação que resultou nas prisões, em flagrante, de Ebenael Pinheiro Sousa, 50; Fabrício da Silva Sales, 26; Victor Hugo dos Santos Sousa, 20, e Williamar Fonseca de Oliveira, 28, por tentativa de roubo. O fato ocorreu na noite de ontem (25), a uma residência, localizada em um condomínio de luxo, no bairro Ponta Negra, zona oeste da cidade.

A ação, coordenada pela delegada-geral, Emília Ferraz, e pelo delegado Adriano Felix, titular do 8º Distrito Integrado de Polícia (DIP), foi deflagrada por policiais civis lotados na 4ª Seccional Oeste, 5º, 8º e 20º DIPs, com apoio operacional de integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera).

O crime – Os infratores pularam o muro do condomínio e invadiram uma das residências. Uma das moradoras da casa, ao perceber a ação criminosa, conseguiu se esconder em um dos cômodos do imóvel, acionar a polícia e informar moradores do condomínio, por meio de um grupo de aplicativo de mensagens, o delito.

“Desde janeiro deste ano, já vínhamos investigando um dos indivíduos que faz parte do grupo. Após o delito de ontem, conseguimos identificar mais dois participantes do crime. Iniciamos as diligências em torno do caso. Ainda ontem conseguimos prender Victor Hugo. O restante do bando, após o crime, passaram mais de 15 horas dentro da mata esperando o resgaste e hoje pela manhã, conseguimos êxito nas prisões deles”, explicou o delegado Adriano Felix.

Durante a ação, com o grupo foram apreendidos dois revólveres calibre 38 e dez munições do mesmo calibre intactas.

Prisões – Conforme Adriano Felix, as prisões iniciaram na noite de ontem (25/03), por volta das 22h, com a interceptação de Victor Hugo, na avenida do Turismo, bairro Ponta Negra. O restante do bando foi preso na manhã desta quinta-feira, por volta das 9h40, na avenida Coronel Teixeira, também no bairro Ponta Negra. Durante a ação, com o grupo foram apreendidos dois revólveres calibre 38 e dez munições do mesmo calibre intactas.

Para a deflagração da ação na manhã de hoje, equipes do Grupo Fera foram acionadas para auxiliar na abordagem. “O Grupo Fera foi acionado a partir das informações de inteligência que recebemos das equipes que estavam em campo. Sabíamos que os infratores estavam em uma área de mata e que iriam migrar para um veículo para apreender fuga. Conseguiu chegar até esse veículo e fazer a abordagem sem nenhum tipo de dano colateral. Foi uma ação rápida, de maneira furtiva e, apesar deles estarem armados, nossa ação foi célere, sem que o bando pudesse ter qualquer tipo de reação”, disse o delegado Juan Valério, coordenador do Grupo Fera.

A delegada-geral da Polícia Civil do Amazonas, Emília Ferraz, parabenizou as equipes que deflagraram com êxito a ação policial e destacou que, caso tenham outras vítimas do grupo, que possam ir ao 8º DIP para formalizar a denúncia.

“Esses infratores estão atuando já há algum tempo. Eles fazem vários assaltos naquela região. Caso alguém tenha sido vítima de roubo semelhante, com o mesmo modus operandi, nos bairros da zona oeste, que se dirija ao 8º DIP, e fiquem tranquilos que a polícia está nas ruas trabalhando para garantir a segurança da população”, declarou a delegada-geral.

Emília Ferraz reforçou, ainda, que todas as unidades policiais estão funcionado normalmente e explicou como estão sendo realizados os atendimentos ao cidadão. “Continuamos trabalhando e todos os DIPs estão fazendo atendimentos. Para a segurança da população, os registros de Boletins de Ocorrências (BOs), de casos não emergenciais, estão sendo realizados pela internet, por meio do site da Delegacia Interativa. Mas em casos que demandem urgência, casos mais graves, os registros devem ser feitos de forma presencial nas unidades policiais”, esclareceu Ferraz.

Procedimentos – Ebenael, Fabrício, Victor Hugo e Williamar foram autuados em flagrante por tentativa de roubo qualificado e associação criminosa. Ao término dos procedimentos cabíveis, eles serão encaminhados para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), situada no Km 8 da rodovia federal BR-174, onde será feita a audiência de custódia por videoconferência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui