Início Policial Polícia salva tartarugas porrudas de virarem sarapatel em EirunepéNa ocasião, um homem...

Polícia salva tartarugas porrudas de virarem sarapatel em Eirunepé
Na ocasião, um homem foi indiciado por crime ambiental

277
0
Foto: Divulgação/PC-AM

A Polícia Civil do Amazonas, por meio das equipes da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Eirunepé (a 1.160 quilômetros da capital), com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente daquele município, apreendeu na manhã desta quarta-feira (07/07) seis tartarugas de grande porte e um pirarucu que estão com o período de pesca proibida. Na ocasião, um homem foi indiciado por crime ambiental. A ação ocorreu no bairro Santo Antônio.

De acordo o investigador de polícia, Gonzaga Júnior, gestor da DEP, as equipes receberam uma denúncia anônima informando sobre a venda de quelônios e peixes que estão proibidos para a comercialização devido ao período de defeso da espécie, que é a época do ano em que a pesca está proibida ou controlada.

“Fomos ao local informado no bairro Santo Antônio, e em revista na casa do indivíduo localizamos os animais. Fizemos a apreensão, juntamente com os agentes ambientais, das seis tartarugas e realizamos a soltura dos quelônios na Reserva da Comunidade Águia. Já o peixe foi doado para instituições do município”, relatou Gonzaga.

Durante a ação, o proprietário da residência, um homem de 53 anos, assinou um termo de apreensão e laudo de infração. Ele também foi multado e indiciado por crime ambiental e responderá ao processo em liberdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui