Início País Escola Adventista se pronuncia após polêmica sobre “homossexualismo” em prova

Escola Adventista se pronuncia após polêmica sobre “homossexualismo” em prova

61
0
De um lado, o conteúdo causou revolta nas redes sociais. Mas, há quem concorde com a conduta da escola. | Reprodução

A Escola Adventista de Correios, em Belém, se pronunciou, na manhã desta terça-feira (19), sobre a polêmica envolvendo uma tarefa elaborada por um professor de Língua Portuguesa “condenando o homossexualismo”.

“Como evitar o homossexualismo?”, pergunta professor em prova de escola de Belém. Em nota, a Escola Adventista disse que “as questões contidas no questionário tinham como objetivo colher as diversas opiniões e sentimentos sobre a temática em estudo e davam a cada estudante a oportunidade de expressar livremente sua opinião”.

A Escola Adventista afirma ainda, que “um livro serviu como auxílio na tarefa, o que ocorre em várias disciplinas” e que “a tarefa que o professor elegeu levou em conta o conhecimento prévio do aluno. E, com isso, procura proporcionar um debate qualificado a respeito do assunto.”.

Segundo o colégio, ” a ideia é a de formar um cidadão que respeita opiniões diversas, bem como seja capaz de pensar por si próprio sobre as temáticas apresentadas, respeitando todos os indivíduos sem qualquer tipo de discriminação sexual, racial, religiosa, ou de outra natureza”.

O Colégio finaliza a nota afirmando que é uma instituição comprometida com uma religião ou ideologia, “reconhecida pela confiança e credibilidade que transmite, especialmente por apresentar uma proposta educacional de alta qualidade, pautada em valores baseados na Bíblia e direcionada a promover o desenvolvimento harmonioso das faculdades físicas, intelectuais, espirituais e sociais de cada aluno”.

Continue lendo em Diário Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui