Início Destaque Desembargador manda soltar presidente do Caprichoso: “Constrangimento ilegal”Livre

Desembargador manda soltar presidente do Caprichoso: “Constrangimento ilegal”
Livre

136
0

A Justiça mandou soltar o presidente do boi Caprichoso, Jender Lobato, que foi preso pela Polícia Federal durante a operação Ponto de Parada, no dia 23 de novembro, sob acusação de participar de um esquema de desvio de dinheiro da educação, em Presidente Figueiredo. O desembargador Olindo Menezes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), avaliou que a prisão foi desnecessária e constrangedora.

Baseado no fato de que o caso investigado é de 2017, não haveria mais urgência em prender Jender. A operação investiga desvios de verba do transporte escolar, dinheiro vindo do Fundeb. “[…] revela-se genérica a afirmação da necessidade de que a medida se imporia como forma de eficiência investigativa, de modo a agrupar, para um mesmo momento o depoimento de pessoas envolvidas nos fatos” […] pois se trata de um elemento de presunção, que não pode justificar a segregação cautelar, ainda que de natureza temporária e passageira.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui