Início Cidade Detran culpa motoqueiros de delivery por aumento de acidentes em ManausPerigo

Detran culpa motoqueiros de delivery por aumento de acidentes em Manaus
Perigo

60
0

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) intensificou a fiscalização às motocicletas devido ao grande número de acidentes de trânsito envolvendo esse tipo de veículo em Manaus. As ações serão frequentes para tentar diminuir esses índices que, de janeiro a setembro deste ano, já levaram mais de 8,8 mil pessoas aos leitos dos principais prontos-socorros da cidade.

Durante a operação realizada neste sábado (31/10) foram aplicados 190 autos de infrações por diversas irregularidades. Isso resultou em 37 veículos removidos, sendo 32 motocicletas. A fiscalização também flagrou dez motoristas embriagados ao volante que foram autuados pelo crime previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

A ação deste sábado foi concentrada na zona Leste de Manaus, região da cidade onde estão as duas principais vias com maior número de acidentes da cidade: Avenida Autaz Mirim e Alameda Cosme Ferreira. Os agentes do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) e os policiais militares do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) montaram a fiscalização na Avenida Camapuã, no bairro Cidade Nova.

“A motocicleta ainda é um dos principais causadores de mortes no trânsito. Até setembro do ano passado foram 81 óbitos sobre duas rodas contra 102 este ano, um aumento de 25%. Esse aumento começou a se acentuar no mês de maio, quando a procura por serviços delivery cresceu em Manaus. Contudo, a maioria das pessoas que passa a exercer essa atividade não possui o curso de capacitação para atuar no trabalho. Só 1% dos condutores habilitados para pilotar moto possuem o curso de motofretista, exigido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para quem trabalha com entregas sobre duas rodas”, afirma nota do Detran. Que perigo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui