Início Policial Dois homens são presos em flagrante com 30 quilos de drogas em...

Dois homens são presos em flagrante com 30 quilos de drogas em Manacapuru
Segundo o delegado Rodrigo Torres, as equipes receberam denúncia informando que dois tripulantes de uma embarcação, que vinha de Japurá

141
0
Foto: Divulgação

Na noite de quinta-feira (14), por volta das 20h, policiais civis da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru e do 20º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando de seus respectivos titulares, Rodrigo Torres e Rafael Cordeiro, realizaram ação que culminou nas prisões, em flagrante, de Francisco Lira de Luma, de 43 anos, conhecido como “Chicão”, e José Carlos Passes da Silva Souza, 44, conhecido como “Zé Carlos”, além da apreensão de aproximadamente 30 quilos de maconha.

De acordo com as autoridades policiais, os trabalhos contaram ainda com o apoio da Delegacia Fluvial (Deflu). Segundo o delegado Rodrigo Torres, as equipes receberam denúncia informando que dois tripulantes de uma embarcação, que vinha de Japurá (município distante 743 quilômetros em linha reta da capital), estariam transportando entorpecentes na sala de máquinas, tendo como destino Manacapuru (distante 68 quilômetros em linha reta da capital) e Manaus.

“Após recebermos essas informações, iniciamos diligências pelo rio Solimões com o intuito de constatar a veracidade do fato. Nas proximidades da Vila Jacaré, localizamos o barco. Durante a revista na embarcação, encontramos 21 tabletes de maconha. O proprietário da barco informou que só quem tinha acesso à sala de máquinas eram ‘Chicão’ e ‘Zé Carlos’. O comandante disse, ainda, que o local ficava trancado no cadeado e só eles tinham a chave. Os fatos condiziam com as informações que tínhamos coletado”, declarou Rodrigo Torres, titular da DIP de Manacapuru.

Procedimentos – Francisco e José Carlos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Eles estão custodiados na Delegacia de Manacapuru, onde permaneceram à disposição da Justiça.

*Com informações da PC-AM 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui