Início Destaque Em Manacapuru, homem é preso por crime ambiental e Polícia apreende 818...

Em Manacapuru, homem é preso por crime ambiental e Polícia apreende 818 quilos de pescado ilegal
Ação ocorreu na região do Médio Solimões, em frente ao porto do munícipio

276
0

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), prendeu em flagrante, na tarde desta quinta-feira (16/09), por volta das 17h, um homem de 44 anos, por crime ambiental. Durante a ação, que ocorreu na região do Médio Solimões, em frente ao porto do munícipio, os policiais apreenderam, ainda, 818 quilos de pescado ilegal.

O delegado Rodrigo Torres, titular da DIP, contou que as equipes de investigação da unidade policial receberam a denúncia na data da prisão, dando conta de que o barco 25 de junho, oriundo de Beruri (a 173 quilômetros da capital), estaria transportando pirarucu ilegal na câmara frigorífica da embarcação.

Conforme Torres, desde então os policiais civis passaram a fazer a fiscalização nos barcos que se aproximavam e paravam no terminal pesqueiro daquela localidade, ocasião em que identificaram a embarcação denunciada.

“Revistamos o interior do barco, e localizamos os 818 quilos de pirarucu ilegal escondidos na câmara frigorifica, embaixo de vários tipos de peixes, para dificultar e impedir a fiscalização. O autor, inicialmente, disse que desconhecia como o pescado ilegal havia sido colocado em sua embarcação, porém, mudou sua versão à medida que a equipe policial ia encontrado o material”, relatou o delegado.

Procedimentos – O homem de 44 anos responderá por crime ambiental por transportar peixe proveniente da pesca ilegal. Ele foi conduzido à DIP para os procedimentos legais, e teve arbitrada fiança no valor de R$ 1.100. Logo após, o mesmo foi liberado e responderá ao processo em liberdade. O material apreendido na ação policial foi doado para instituições filantrópicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui