Início Destaque Urgente: Fraude na venda dos respiradores derruba Daniela Assayag

Urgente: Fraude na venda dos respiradores derruba Daniela Assayag

463
0
Daniela e o marido estão sob fortes suspeitas.

Daniela Assayag não resistiu à pressão e pediu exoneração do cargo de secretária de Comunicação do governo do Amazonas. Acusada pela CPI da Saúde de envolvimento na venda fraudulena de respiradores comprados pelo Amazonas em loja de vinhos, ela anunciou sua saída na noite deste domingo. De acordo com a Comissão, o marido de Daniela, o médico Luiz Carlos Júnior, é sócio da Sonoar, a empresa que repassou os respidradores para a adega. O deputado Delegado Péricles disse que Avelino faturou mais de R$ 1,4 milhões no negócio, e afirma que Daniela agiu como “principal interessada”.

Na nota Daniela afirma que sua saída vai permitir que a “apuração dos fatos ocorridos na última semana possa se realizar com seriedade e profundidade”. A saída dela, e da secretária de Saúde, Simone Papaiz, foi um dos pedidos feitos pela CPI.

Daniela afirma que ela e o marido são inocentes, apesar da CPI afirmar que as provas são muito claras. “Reafirmo a certeza de ter exercido o papel com todos os requisitos técnicos e éticos exigidos no cumprimento da minha função.”

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui