Início Destaque Idosa de 77 anos prepara café da manhã e manda filho distribuir...

Idosa de 77 anos prepara café da manhã e manda filho distribuir na fila da Caixa, em Iranduba
E não é a primeira vez que "Dona Terezote" surpreende, anteriormente, ela confeccionou máscaras e distribuiu no bairro onde mora para os vizinhos

25295
8
Foto: Arquivo Pessoal

Uma história de amor ao próximo que comprova que um simples gesto pode mudar a manhã de alguém. Com simplicidade, um toque e uma energia de contagiar quem está por perto. Assim é a vida da dona Maria Bucão de Souza, de 77 anos, conhecida carinhosamente “Dona Terezote” pela família e amigos, moradora do bairro Novo Amanhecer, em Iranduba, região metropolitana de Manaus.

A idosa pegou todos de surpresa na madrugada ontem (7), quando espontaneamente, preparou um enorme café da manhã e pediu para o filho distribuir as pessoas que estavam na fila de beneficiários da Caixa, completados do Auxilio Emergencial do Governo Federal, devido a pandemia do novo Coronavírus, em Iranduba.

Foto: Arquivo Pessoal

Em uma conversa com o jornalismo do Portal Repórter Manaós, a filha da “Dona Terezote”, Marcely Potiraguá, contou que pela madrugada o tio e a esposa saíram de casa para tentar sacar o Auxilio Emergencial. “Eles foram para a fila do banco sem tomar café só com a esperança. Ao amanhecer, minha mãe já preocupada, porque na TV passa que pessoas ficam no sol e na chuva sem comer muitas das vezes pra poder conseguir sacar seu auxílio, decidiu ajudar”, revelou.

“Sem egoismo no coração, ela poderia mandar somente café para os meus tios, porém ela como sempre, quer ajudar como pode as pessoas. Fez a gente comprar pão, e fazer duas garrafas até o “tucupi ” de café, pra distribuir as pessoas que estavam na fila”, contou. 

A emoção da “Dona Terezote” querendo ajudar mais – Foto: Arquivo Pessoal

Ao ver o ato de amor da mãe, Marcely publicou um texto e uma foto na rede social que está viralizando. Nela a filha questiona “Dona Tereza”:

“Mãe a senhora vai fazer o mano distribuir lanche na Caixa econômica,sério mesmo?!”

Ela com sabedoria, responde:

“Minha filha, o jornal divulga que as pessoas estão em aglomeração, criticam por madrugarem e fazer filas imensas no banco, eles não divulgam e nem sabem o que a pessoa passa na sua casa, não sabe se ela e seus familiares tem alimentos, remédios e etc”.

E ainda completou. “Se elas estão na fila passando por humilhação e críticas, é porque elas estão precisando, e é claro que muitas delas são “sem vergonhas” que nem precisam, mais a maioria precisa, sim, Marciely, e eu vou mandar ele levar, sim, aceita quem quiser, minha parte eu tô fazendo de coração”, exclamou.

Na publicação, Marcely explica que muitas pessoas aceitaram de coração, e outras, ficaram receosas, achando que eles estavam passando doença e não aceitaram.

E não é de agora que a ” Dona Terezote” surpreende, Marcely contou ao Portal que a idosa preocupada com a proteção dos vizinhos, fez várias máscaras e mandou os filhos distribuírem pelo bairro.

“Dona Terezote” confeccionando máscaras para distribuir – Foto: Arquivo Pessoal

Não é muito fofa a “Dona Terezote, gente?

Por Suzana Martins – Repórter Manaós  

8 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pela boa ação Deu lhe muitos anos de vida e saúde👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui