Início Destaque Justiça tenta salvar vida de idoso esquecido em estado grave em Benjamin...

Justiça tenta salvar vida de idoso esquecido em estado grave em Benjamin Constant
Multa e liminar

235
0

Um paciente de 68 anos, em estado grave e correndo risco de morte dentro do Hospital Geral de Benjamin Constant Dr. Mélvino de Jesus, em Benjamin Constant, ganhou na Justiça do Amazonas o direito de ser transferido para Manaus em no máximo 24 horas.

Se não cumprir, o Governo do Amazonas terá bloqueado R$ 100 mil das contas e a secretária de Saúde, Simone Papaiz, terá de pagar R$ 5 mil de multa ao dia. Com quadro pulmonar grave, o paciente está para ser transferido desde segunda-feira.

De acordo com o defensor público Murilo Breda, o paciente tem edema pulmonar. “Fomos procurados por familiares do paciente que estavam muito preocupados relatando que o oxigênio para o idoso que estava internado acabaria na manhã de hoje (sábado), como de fato acabou, às 5h. Pedimos a liminar de transferência para Manaus ontem (sexta), explicando essa situação, mesmo sabendo que a capital enfrenta dificuldade de leitos, mas precisávamos tomar a atitude para garantir o tratamento adequado para salvar a vida do paciente. A juíza deferiu a liminar ontem mesmo, dando 24 horas para o Estado cumprir a decisão e fomos informados que o oxigênio chegou a tempo, acredito que muito por conta da liminar que conseguimos”, disse o defensor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui