Início País Pediatra morto em clínica havia denunciado pedófilo para família de pacienteSuspeitas

Pediatra morto em clínica havia denunciado pedófilo para família de paciente
Suspeitas

210
0

O pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, de 48 anos, pode ter sido assassinado dentro da clínica onde atendia por ordem de um pedófilo denunciado por ele. Quem desconfia é a família. O profissional de 44 anos morreu baleado por um pistoleito que invadiu o consultório em Barra, no oeste da Bahia.

O irmão do pediatra, Lula Teixeira, levanta a suspeita. “Apareceram muitas conversas aqui que estão investigando para realmente saber o que aconteceu. Teve essa conversa de que a criança chegou molestada e ele falou que tinha que ir para Irecê [cidade no centro-norte da Bahia], que Irecê que tinha o departamento para investigar, ver direito, né? Mas isso tem um tempo, porque ele como médico tem por obrigação ver uma questão dessa e alertar a mãe e o pessoal para procurar a polícia”, disse Lula Teixeira.

A polícia investiga e não fala nada para não atrapalhar as investigações. “A esposa trabalhava com ele, era enfermeira, estava sempre com ele. Nós estamos sem chão. Ele tinha dois filhos de 8 e 5 anos”, disse o irmão do pediatra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui