Início Destaque Polícia prende caseiro que matou patrão e jogou o corpo em lago...

Polícia prende caseiro que matou patrão e jogou o corpo em lago na BR-174
Motivação seria suposto atraso de oito meses de salário que a vítima estava devendo ao empregado

84
0
Foto: Divulgação/PC-AM

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), cumpriu, no domingo (26/06), mandado de prisão preventiva em nome de Ednaldo Oliveira de Freitas, 45, pelo crime de homicídio praticado contra o seu patrão, Antônio Francisco Lopes, que tinha 53 anos. O crime ocorreu no dia 21 de abril deste ano, na rodovia federal BR-174, Km 23.

Durante coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (28/06), na sede da DEHS, situada no bairro Jorge Teixeira, zona leste, o delegado Ricardo Cunha, titular da unidade especializada, informou que o autor trabalhava como caseiro no sítio da vítima. Na ocasião do crime, as partes tiveram um desentendimento, o que gerou a morte de Antônio.

“Em depoimento, Ednaldo contou que esperou um momento oportuno para cometer o crime. Na hora em que a vítima estava pescando, o infrator iniciou uma discussão com ele e efetuou disparos de espingarda na região da nuca de Antônio”, explicou o delegado.

Conforme a autoridade policial, o autor relatou que a motivação seria um suposto atraso de salário que Antônio estava devendo ao empregado.

“A dívida seria referente há oito meses de salários mínimos e, por não aguentar mais ficar sem receber, Ednaldo cometeu o homicídio. Após a ação criminosa, jogou o corpo da vítima no lago. Posteriormente, o corpo foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros”, disse o titular.

Cunha ressaltou que o paradeiro de Ednaldo era incerto desde a data do delito; entretanto, no domingo, ele se apresentou na sede da DEHS, confessando o crime, ocasião em que foi cumprida uma decisão judicial em seu nome.

Procedimentos

Ednaldo responderá por homicídio e ocultação de cadáver e ficará à disposição do Poder Judiciário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui