Início Cidade Prefeito de Manaus afirma que PMs foram contratados pela FDN para matar...

Prefeito de Manaus afirma que PMs foram contratados pela FDN para matar suspeitos de tráfico no Crespo

451
0
Foto: Reprodução

Manaus – Um vídeo de uma entrevista do Prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto, realizada na manhã desta quinta-feira (19), está ganhando destaque nas redes sociais. Na entrevista ele diz que os policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) e da Força Tática foram contratados pela Família do Norte (FDN) para defender a facção criminosa e ir até o bairro do Crespo, na Zona Sul de Manaus, no dia 30 de outubro deste ano e matar suspeitos do tráfico de drogas da facção rival.

“Aqui criou-se uma situação, não se investiga. Aquela chacina cruel em que as pessoas morreram de costas, vamos ser franco, não tem valentia nenhuma ali não. Valentia é fazer de frente e em condições iguais. Quem ataca pelas costas não é corajoso para fazer de frente”, disse Arthur.

“Então essa história de virem com conversa fiada de dizer que não morreu ninguém. Policial não [foi] atacado pelas costas. Eram garotinhos ali. E aqui para nós, o grave: era uma equipezinha contratada pelo Comando Vermelho [para atacar a área da FDN] e o pessoal [PM] foi muito mais lá para defender a Família do Norte. É esse o ponto que estamos chegando aqui”, afirmou Arthur.

Resposta

A declaração foi respondida pelo coronel Bruno Azevedo, do Comando de Policiamento Especial (CPE), durante a tarde, em uma rede social, que comandou a ação e pediu respeito aos policiais do Amazonas.

“Prefeito Arthur Neto calado é um poeta! Evitarei ataques covardes semelhantes aos proferidos por sua excelência em respeito a vossa idade, contudo pergunto: qual moral o senhor possui pra falar sobre segurança pública? Seu segurança pessoal acusado de homicídio e fraude processual, seu enteado indiciado por homicídio e se investigarmos melhor tráfico de drogas. Deixo de falar dos demais do seu núcleo familiar acostumados a orgias, desacatos e badernas em outros estados.

Quer um conselho: Vá cuidar de sua casa primeiro, não somos nós que financiamos o tráfico de drogas nesse Estado. Seu governo está entregue as baratas, sua popularidade despenca e talvez sua tábua de salvação seja fazer ilações criminosas e desconexas como essas que levam a duvidar de sua capacidade de terminar com dignidade seu governo.

Respeite nossos policiais para ser respeitado como um homem público que deveria respeitar as instituições constituídas. Respeite o devido processo legal nesse país. Defenderei minha tropa enquanto estiver nesse comando e fora dele, mesmo contra seu poder econômico e político.

Não somos seus lacaios! Sinceramente Prefeito, peça pra sair!”, finalizou o coronel.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui