Início Cidade Programa de Integridade do TCE-AM contará com consultoria de especialista nacional

Programa de Integridade do TCE-AM contará com consultoria de especialista nacional

90
0
Foto: Divulgação
Marcado para ser lançado no dia 25 de maio, no auditório do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), o Sistema de Integridade e Compliance da Corte de Contas amazonense, em fase de desenvolvimento, contará com a assessoria de Rodrigo Pironti, profissional responsável  entre outros, pela implantação do Sistema de Integridade da Itaipu Binacional, considerada uma das maiores usinas hidrelétricas do mundo.
“Buscamos as melhores parcerias para que o nosso programa cumpra com o objetivo de ser um norteador de boas práticas e fortalecimento da ética governamental. Ter a participação de um profissional como o Rodrigo Pironti só mostra que esse será um sistema confiável e prático”, destacou o conselheiro-presidente Érico Desterro.
O novo sistema do TCE-AM já possui definição do escopo e plano de trabalho, bem como avaliação documental e estrutural para análise de maturidade. No dia do lançamento, na próxima quarta-feira (25),  será realizado o primeiro treinamento de técnicos do TCE-AM com a metodologia do sistema.
No evento de lançamento estarão presentes os conselheiros da Corte de Contas, auditores, procuradores do Ministério Público de contas (MPC), além de gestores do Tribunal, secretários, diretores e chefes de departamentos e divisões, que atuarão na linha de frente para implantação do sistema em todos os setores do Tribunal de Contas.
“Será a concretização de uma política de relacionamento do TCE-AM com outros agentes públicos e privados, baseada em valores importantes que o nosso sistema constitucional deseja”, explicou o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro.
O Sistema de Integridade e Compliance do TCE-AM está sendo estruturado com base em padrões internacionais de integridade, considerando todos os pilares de um programa de compliance, sendo direcionado pela recente ISO 37301, bem como por selos de integridade como o pró-ética e diretrizes dos órgãos de controle externo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui