Início Destaque Tikuna morre de Covid em Tabatinga depois de seis dias esperando UTI...

Tikuna morre de Covid em Tabatinga depois de seis dias esperando UTI aérea da Susam
Revolta e luto no interior do Amazonas

721
0

Os Tikunas de Tabatinga estão em uma mistura de luto e revolta. Eles perderam nesta quarta-feira a indígena Neuraci Ramos, de 44 anos, vítima de covid. Era pra ela ter sido transferida para Manaus, mas na hora em que estava entrando no avião alugado pela Susam, o avião deu pane. Neuraci era mãe de sete filhos.

Após dois dias esperando por outra UTI ela faleceu. O Amazonas, que vive um escândalo de corrupção na área da Saúde, não tem UTI nos hopsitais do interior. 50 indígenas aldeados já morreram de covid no Estado.

Mais uma amazonense morre sem atendimento

Neuraci soube em vida o que é ficar sem atendimento. Desde janeiro ela esperava por uma cirurgia na vesícula que o Estado nuno conseguiu lhe oferecer. Higson Dias Castelo Branco, marido de Neuraci, disse ao G1 que foi entubada no Hospital de Guarnição de Tabatinga. Foram seis dias de espera pela UTI, que chegou em pane na cidade.

São 853 indígenas infectados pelo novo coronavírus e 26 morreram por causa da doença, na região. A Susam disse que Neuraci ficou para trás porque havia outros pacientes mais graves a serem transferidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui