Início Cidade URGENTE: Pediatras anunciam paralisação de cirurgias nos hospitais do EstadoExistem mais de...

URGENTE: Pediatras anunciam paralisação de cirurgias nos hospitais do Estado
Existem mais de 600 cirurgias eletivas que não ocorreram por falta de celebração de contrato com o Governo

400
0
Foto: Diego Peres- Secom

Na manhã desta quarta-feira, a Sociedade Amazonense de Patologias Pediátricas (SAPP), informou que a partir da data de hoje (7), os serviços de urgência e emergência neonatais e pediátricos realizados nos Hospitais Infantis do Estado, Hospital Infantil Dr. Fajardo e Instituto da Criança do Amazonas (ICAM), estarão restritos aos casos iminentes de morte. 

Vale ressaltar que desde o dia 24 de setembro desde ano, os serviços de cirurgia pediátrica eletivos e ambulatoriais já estavam suspensos.

O SAPP informou por meio de nota que, os atendimentos serão imediatamente normalizados assim que o governo do Estado do Amazonas, através da SES-AM, firmar contrato de prestação de serviço com a Empresa, bem como efetuar o pagamento dos meses em atraso. 

Por telefone, à presidente do (SAPP) Cyntia Almeida, falou que o último pagamento ocorreu em setembro referente ao mês de junho/2020 e existem mais de 600 cirurgias eletivas que não ocorreram por falta de celebração de contrato.

“Estão suspensas as atividades de cirurgia eletiva no Icam e Fajardo, apesar de várias tentativas para um novo contrato, o que nos impede de prestar o serviço”, revelou.

Ainda de acordo com a médica cirurgiã, o Governo não dá nenhuma sinalização. “Eles [Governo do Estado do Amazonas] dizem que estão se organizando para fazer o contrato desde março desde ano. Mas até agora nada. Nós estamos abertos a negociação paa que brevemente possamos retornar as nossas atividades atendendo de forma adequada a população infantil amazonense”, ressaltou.

Leia a nota na integra; 

“COMUNICADO

É com imenso pesar, que a Sociedade Amazonense de Patologias Pediátricas (SAPP) comunica a sociedade amazonense:

Os serviços de cirurgia pediátrica eletivos e ambulatoriais estão suspensos desde 24.08.2020 nos Hospitais Infantis do Estado, Hospital Infantil Dr. Fajardo e Instituto da Criança do Amazonas (ICAM).

Informamos que a partir de hoje, os serviços de urgência e emergência neonatais e pediátricos estarão restritos aos casos iminentes de morte.

Os atendimentos serão imediatamente normalizados assim que o governo do Estado do Amazonas, através da SES-AM, firmar contrato de prestação de serviço com a Empresa, bem como efetuar o pagamento dos meses em atraso. 

A Empresa se solidariza com os pacientes e familiares, que esperam a realização de procedimentos cirúrgicos já retardados por conta da pandemia.

Esclarecemos que a SAPP encontra-se sem cobertura contratual desde março de 2020, buscando negociação junto a SES-AM, sem acordo até o presente momento.

Manaus 07 de outubro de 2020

A Direção”.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui