Início Destaque Wilson Lima muda secretariado, escolhe Luis Fabian como articulador e mira reeleiçãoCampanha...

Wilson Lima muda secretariado, escolhe Luis Fabian como articulador e mira reeleição
Campanha a todo vapor

346
0

Wilson Lima anunciou nesta terça-feira mundanças importantes em seu secretariado, já preparando o terreno para as eleições de 2022. A mais importante delas é a “promoção” do secretário de Educação, Luis Fabian, que deixa a Seduc para ser o articulador estratégico do governador, que trabalha forte para ser reeleito em 2022.

Luís Fabian assume o cargo de secretário de Governo e vai trabalhar diretamente com Wilson, em seu gabinete. A estratégia é estreitar laços com políticos da capital e do interior neste momento de alianças e sintonia fina com possíveis apoiadores. O governador terá pela frente adversários fortes e dispostos a desgastar sua imagem. Arthur Neto, Eduardo Braga e Amazonino Menndes estão na linha de frente da disputa.

A BRONCA NA SEGURANÇA PÚBLICA

Em plena crise na Segurança Pública, especialmente com homicídios registrados praticamente todos os dias em áreas vermelhas de Manaus, Wilson se viu obrigado a mexer na pasta. A pressão sobre Louismar Bonates, especialmente após a morte de um jovem em Iranduba durante uma operação da polícia na semana passada, resultou na troca de comando que vinha em questão nos bastodires desde o ano passado.

Oficialmente Bonates sai a pedido, para cuidar da saúde. Em seu lugar entra o general de divisão do Exército Brasileiro, Carlos Alberto Mansur. Além do combate ao tráfico, assaltos a mão armada nas ruas de Manaus, ajuste das operações policiais que terminam em mortes e pedidos de concurso público, o general precisa reconquistar a confiança da população na segurança pública do Amazonas, abalada pelos recentes episódios que resultaram em mortes e que desgastam o governo.

SEDUC

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto passa para as mãos de  Maria Josepha Penella Pêgas Chaves, conhecida como Kuka Chaves. O retorno das aulas presenciais, a melhoria das condições de ensino e aprendizagem e a defasagem salarial dos professores são desafios urgentes da pasta. Outra que sensibiliza os eleitores nas urnas.

Após a saída, a pedido, de Inês Carolina Simonetti Cabral, assume a Sead, de forma interina, Fabrício Rogério Cyrino Barbosa, que era secretário executivo de Gestão de Bens Patrimoniais e Gastos Públicos da pasta. O nome definitivo não foi anunciado.

Assume, ainda, o comando da PGE-AM, no lugar de Jorge Pinho, o procurador Giordano Bruno Costa da Cruz.

Wilson tem cumprido agenda no interior com entrega de cestas básicas, cartões de auxílio e reforçado a imagem de governador que incentiva a vacina. Rompido com o vice, Carlos Almeida, agora começa a trabalhar na reeleição, ainda sem um nome para completar a chapa 2022.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui