In√≠cio Destaque ūüėěC√Ęmaras frigor√≠ficas para armazenar mortos por Covid est√£o de volta a Manausūüėě

ūüėěC√Ęmaras frigor√≠ficas para armazenar mortos por Covid est√£o de volta a Manausūüėě

657
0

A √ļltima cena da primeira onda de pandemia que faltava em Manaus n√£o falta mais. Lamentavelmente, as c√Ęmaras frigor√≠ficas est√£o de volta √†s portas dos hospitais em Manaus. A Secretaria de Sa√ļde confirmou nesta v√©spera de Ano Novo. “Na manh√£ desta quinta-feira (31/12), a primeira c√Ęmara fria foi instalada no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto.¬†Tamb√©m est√° previstas, para os pr√≥ximos dias, a instala√ß√£o das c√Ęmaras frias nos HPSs Jo√£o L√ļcio e Plat√£o Ara√ļjo.”

A instala√ß√£o da c√Ęmara fria, assim como a implanta√ß√£o de c√Ęmaras mortu√°rias permanentes, faz parte de um conjunto de medidas que est√£o sendo implementadas pelo Estado para melhorar o atendimento no p√≥s-√≥bito nos hospitais, incluindo acolhimento e orienta√ß√£o √†s fam√≠lias de forma digna e humanizada.

SEGREGAÇÃO DE CORPOS

O secret√°rio de Estado de Sa√ļde, Marcellus Camp√™lo, afirma que a instala√ß√£o da estrutura tempor√°ria est√° prevista na quarta fase do Plano de Conting√™ncia para o Recrudescimento da Covid-19 e est√° relacionada √† tend√™ncia de aumento do n√ļmero de √≥bitos por Covid-19.¬†Ao mesmo tempo, o Estado trabalha para estruturar os necrot√©rios de forma permanente. Segundo ele, as c√Ęmaras mortu√°rias ser√£o o legado para atender √†s necessidades dos hospitais, em rela√ß√£o √† seguran√ßa biol√≥gica no manejo p√≥s-√≥bito, para al√©m da pandemia. Mas enquanto n√£o ficam prontas, ser√£o usadas estruturas de cont√™iner, adaptados com prateleiras.

‚ÄúOs √≥rg√£os de vigil√Ęncia em sa√ļde recomendam a segrega√ß√£o de corpos de pessoas que faleceram por Covid-19 das demais causas. Com isso, toda a parte de preparo, guarda e libera√ß√£o de corpos est√° sendo revista para reestruturar o fluxo desse servi√ßo de forma permanente e ordenada. Mas enquanto n√£o fica pronto, vamos utilizar o container‚ÄĚ, disse.

Estrutura permanente¬†‚Äď No HPS 28 de Agosto, onde o necrot√©rio j√° possui c√Ęmara mortu√°ria, ser√£o instaladas prateleiras para aumentar a capacidade do morgue. Nos outros dois HPSs, que n√£o possuem c√Ęmara, a equipe de engenharia estuda a melhor forma para a implanta√ß√£o da estrutura permanente, seguindo o padr√£o definido na programa√ß√£o arquitet√īnica de unidades funcionais de sa√ļde, do Minist√©rio da Sa√ļde/Anvisa (SomaSUS), a fim de proporcionar condi√ß√Ķes de guarda, conserva√ß√£o, vel√≥rio e retirada de corpos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu coment√°rio!
Por favor, digite seu nome aqui