Início Cidade Amazonas realiza o 1º simulado no Aeroporto Internacional para Covid-19

Amazonas realiza o 1º simulado no Aeroporto Internacional para Covid-19

178
0

Durante a reunião do Comitê Interinstitucional Ampliado de Gestão de Emergência em Saúde Pública para Resposta Rápida aos Vírus Respiratório – Covid- 19, nesta quinta-feira (05/03), na sede da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), foi anunciado por meio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que será realizado o 1º Simulado de Caso Suspeito do novo Coronavírus em Trânsito Aéreo. A simulação será na próxima sexta-feira (06/03) nas instalações do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, situado na zona oeste, de Manaus, a partir das 10h.

O coordenador de Vigilância Sanitária de Portos Aeroportos e Fronteira, da Anvisa, Região Norte, Jerfeson Nepumuceno Caldas, explica que a simulação de um caso real tem a principal função testar os fluxos de forma integrada entre o aeroporto, vigilâncias e assistência.

“As instituições envolvidas irão testar na prática os fluxos de comunicação e atendimento de um caso suspeito em conformidade com o plano de contingência do aeroporto que está sendo concluído. Esta ação permitirá possíveis ajustes no plano e nos procedimentos que devem ser adotados por todos os envolvidos diante da situação”, explica Jerfeson.

A diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, informa que o simulado no aeroporto estava previsto no plano de contingência do Estado. “Estamos em plena execução das ações previstas no plano estadual de contingência do Covid-19, vamos participar todos dessa ação, inclusive com observadores das forças armadas e profissionais de Parintins, que será o próximo município a realizar simulado no aeroporto”, afirma Rosemary.

Nova campanha de orientação à população – O Governo do Amazonas preparou uma nova campanha publicitária de prevenção às síndromes respiratória aguda grave, entre elas o novo coronavírus.

A transmissão do vírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva; espirro; tosse; catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

A campanha reforça as medidas de prevenção como a lavagem das mãos com água e sabão, uso de álcool em gel, uso de lenço descartável, evitar locais aglomerados, além de alertar a população para sinais e sintomas graves da doença procurar uma unidade de urgência estadual.

Atualização de SRAG – A FVS-AM divulgou, também nesta quinta-feira (05/03), a 9ª edição do Boletim Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Estado do Amazonas, que corresponde à análise de notificação de novembro de 2019 até o dia 4 de março de 2020.

Segundo o boletim, foram notificados, até o momento, 253 casos de SRAG, sendo 224 apenas na capital amazonenses. Destes, foram confirmados 49 casos por vírus respiratórios, sendo identificados 21 casos provocados por Adenovírus, 15 casos de Influenza B, seis para Vírus Sincicial Respiratório (VRS), quatro por Influenza A (H1N1), dois para Metapneumovírus e dois para Parainfluenza 1. Há cinco casos suspeitos de Coronavirus no Amazonas, sendo um descartado.

Nessa mesma edição, a FVS informa que no total foram registrados, a partir de novembro, 31 óbitos por SRAG. Desses, nove foram por vírus respiratórios e 22 por outras síndromes respiratórias não virais. Os nove óbitos por vírus respiratórios foram de pessoas residentes em Manaus, 4 Adenovírus, 3 por Influenza B, 1 Vírus Sincicial Respiratório (VRS) e 1 Metapenumovírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui