Início Policial Após troca de tiros cinematografia, polícia prende “Bigode” em invasão na ZL

Após troca de tiros cinematografia, polícia prende “Bigode” em invasão na ZL

299
0
Foto: Divulgação

A equipe de investigação do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob a coordenação do delegado Torquato Mozer, titular da unidade policial, deflagrou na tarde de quinta-feira (23/01), por volta das 14h30, na invasão Coliseu, no bairro Jorge Teixeira, zona leste da cidade, ação policial que resultou na prisão em flagrante, de um homem, identificado como Wellington Batista Leal, 27, conhecido como “Bigode”, em posse de uma arma de fogo e munições.

Foto: Divulgação/PC-AM

Segundo o delegado, os policiais civis do 30º DIP receberam uma denúncia informando que uma casa na invasão Coliseu era utilizada para armazenar armas de fogo e entorpecentes. A equipe se deslocou até o local mencionado na denúncia e realizou a abordagem. No local, foi encontrado um revólver calibre 38, com numeração suprimida, e munições do mesmo calibre.

Durante a abordagem policial, o indivíduo tentou tomar a arma de um dos policiais, que reagiu à ação do infrator e efetuou um disparo de arma de fogo que atingiu a perna do infrator. Ainda segundo o delegado, no momento em que os policiais esperavam a chegada do reforço para prestar socorro a Wellington, houve uma tentativa de resgate do homem por indivíduos ainda não identificados pela polícia. Houve troca de tiros para repelir a ação dos infratores.

“Acredito que essa tentativa de resgate se deu em razão dos infratores da área acharem, no primeiro momento, que seria ação de uma facção rival. A partir do momento que eles perceberam que se tratava de policiais pela pronta resposta da equipe, eles empreenderam fuga do lugar”, disse Mozer.

O titular do 30º DIP informou que, quando chegou o reforço de policiais militares da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Wellington foi conduzido ao Hospital e Pronto-Socorro Doutor Aristóteles Platão Bezerra de Araújo, na zona leste, para atendimento médico. Na unidade hospitalar, Wellington ainda tentou empreender fuga, mas foi detido pelos policiais. Mozer destacou que Wellington responde a três processos criminais, sendo por tráfico de drogas, roubo e porte de arma de fogo.

Procedimentos – Após o atendimento na unidade hospitalar, Wellington foi conduzido ao 30º DIP, onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Ao término dos trâmites cabíveis na unidade policial, o infrator será levado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis.

*Com informações da Assessoria da PC-AM 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui