Início Cidade Arthur afirma que é um gestor “desagradável e não candidato à miss...

Arthur afirma que é um gestor “desagradável e não candidato à miss simpatia”
Prefeito contra pandemia

86
0

O prefeito Arthur Neto convocou uma coletiva nesta quinta para anunciar medidas contra a Covid e resolveu falar sobre as medidas que tomou desde o começo do ano para evitar aglomerações. Entre elas o fechamento das escolas, cancelamento de festas e fechamento da Ponta Negra. “Sou u gestor desagradável”, disse o prefeito, afirmando que há governantes que “fingem que não há nada acontecendo” em momentos de crise, para evitar antipatia. “Não sou candidato à miss simpatia.”

Arthur voltou a falar sobre o hospital de campanha, que virou tema da campanha do candidato Ricardo Nicolau. “Eu mandei abrir e mandei fechar. O hospital não é de ninguém. É de Manaus.”, dizendo que o uso político é ato ilegal e desleal.

“Declararam que a Covid-19 estava acabada. Eu disse, digo e insisto que não está. Mesmo torcendo para eu estar errado, acompanho todos os boletins funerários que o secretário municipal de Limpeza Urbana, Paulo Farias, me envia, referentes a sepultamentos e enterros. Com isso, temos a noção de, mais ou menos, quantos casos de Covid-19 são registrados em um dia, uma semana e em um mês”, alertou Arthur Neto. “Ao que nos cabe, enquanto prefeitura, fizemos, fazemos e faremos o que for necessário para evitar que mais pessoas percam suas vidas para essa doença terrível, que ainda nos assola”, completou o prefeito, em coletiva à imprensa, acompanhado da primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

Entre as novas medidas anunciadas estão a inauguração de três clínicas da família e de um centro especializado em reabilitação, com a contratação de mais profissionais de saúde, um dia “D” contra a influenza (gripe), testagem de RT-PCR em mais de 4,5 mil indígenas e 7 mil servidores da saúde, ampliação dos horários de atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) preferenciais e testes para 30 mil gestantes na maternidade Moura Tapajóz, ampliação do diagnóstico com a disponibilização de 50 mil testes rápidos e aquisição de 3 milhões de unidades de medicamentos e mais de 3,3 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui