Início Destaque Carol Braz desafia caciques para ser prefeita de Manaus: “Não tenho rabo...

Carol Braz desafia caciques para ser prefeita de Manaus: “Não tenho rabo preso com ninguém”
Exclusivo para o Repórter Manaós

1190
0

Pré-candidata à Prefeitura de Manaus e presidente do PSC, Carol Braz foi a terceira entrevistada da série do Repórter Manaós com os prefeituráveis. Nesta segunda-feira, ela falou sobre política, planos para Manaus, Amazonino Mendes, e sobre Wilson Lima. Carol, aos 40 anos, quer ser a primeira prefeita da história de Manaus e conta com muitos apoiadores nas redes sociais, força de vontade e experiência. Agora, precisa dos votos.  “Não tenho rabo preso com ninguém”.

POLÍTICA – Nunca imaginei que política fosse entrar na minha vida. Eu não gostava. Fiz Direito porque queria ver a justiça na prática. Quando fui chamada para Secretaria vi que existe varias formas de fazer justiça. Isso me motivou muito, o fato de executar políticas públicas. Cobro políticas públicas, melhor atendimento de saúde, atendimento de educação. E no executivo teremos a oportunidade de concrteizar esses direitos. Conseguimos fazer rmuitas atividades e transformar uma secretaria que não tinha orçamento grande e que acabou sendo uma secretaria com bastante atividades. Isso acabou me motivando de perceber que dá sim, colocar em prática esses estudos da carreira jurídica para fazer a justiça na prática e no poder executivo.

DESESPERANÇA COM POLÍTICOS –  Tenho uma carreira íntegra e se eu não aceitar esse desafio vou continuar sendo administrada por pessoas ruins. Quem é correto e quem é do bem, tem de entrar na política. Tenho pulso firme, nome limpo. Não tenho rabo preso com ninguém. Quero trazer eficiência, seriedade, honestidade e usar o recurso público da forma correta. Fiz na secretaria e porque não no executivo municipal? Sempre tive essa firmeza e seriedade e preparo administrativo.

TRANSPORTE E BURACOS – Vou fazer cumprir a lei. Não pode ter rabo preso. O asfalto não tem qualidade. Falta firmeza, falta compromisso e pulso firme. A população é quem está sofrendo, falta qualidade. Falta compromisso.

LIXO NA CIDADE – A educação ambiental tem de começar desde cedo. Tenho dois menininhos em casa que já questionam quando a torneira está aberta. Temos de educar as crianças para elas cobrarem dos adultos. Na cidade de Manaus não temos ainda uma coleta seletiva. Vamos fomentar cooperativas de catadores e dar trabalho para essas pessoas. Temos de educar o nosso povo a respeitar o meio ambiente e ainda gerar renda para essas cooperativas.

PESQUISAS – Mais de 60% da população está indecisa. A população ainda tem os nomes tradicionais e famosos. Ou seja, a população não quer votar na política tradicional. Está esperando surgir um nome em que ela possa acreditar. 60% não querem políticos que já tiveram a oportunidade de fazer e não fizeram. Querem ficha limpa, preparo e experiência na vida pública. Quando a campanha iniciar, a população vai ter a oportunidade de conhecer todos os candidatos. Na hora que mostrar nosso perfil de mulher séria, honesta, preparada, competente, trabalhadora, ficha limpa, mulher da Justiça, espero ter esse retorno e ter credibilidade.

WILSON –  Fico muito triste com essa turbulência. Fiz parte de um Governo que deu certo na área que eu atuei. Tivemos uma pauta de muito sucesso e muito resultado e foi esse resultado que me trouxe para essa posição hoje. Eu quero que as pessoas me conheçam pelo meu trabalho e não comparando com A, B ou C.  Se você olhar outros candidatos, vai ver que todo candidato, para chegar ao governo, teve alguém com quem trabalhou junto. E você trabalhar junto não significa que você vai realizar atividades e condutas em parceria. A minha área dentro do Governo deu certo. Que seja separado o trabalho da Carol e o trabalho do Governo.

CAROL, A PREFEITA – Não quero só ficar reclamando, dizendo que o transporte não presta que nada presta. Agora que tenho a oportunidade, é isso que me motiva. Sempre trazendo essa firmeza e preparo para saber cobrar!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui