Início Destaque Covid ataca 100% dos pulmões e mata ativista trans em ParintinsLuto na...

Covid ataca 100% dos pulmões e mata ativista trans em Parintins
Luto na Ilha

210
0

O domingo foi mais um dia de luto em Parintins. A atuante ativista da Associação de gays, lésbicas, transexuais (AGLTPIN) morreu vítima da Covid. Isabella Beltrão teve 100% dos pulmões afetados pelo maldito coronavírus, e não resistiu.

Parintins já tem 6.432 casos registrados e 148 óbitos nesta pandemia, figurando em segundo lugar entre as cidades do interior mais afetadas. A militante conhecida como Brenna tinha 22 anos e faleceu no hospital Regional Jofre Cohen.

Isabella Beltrão era transexual e militava a favor de direitos iguais. Nasceu Bruno Oliveira Lima. “Infelizmente esse vírus maldito levou nossa amiga. Que Deus a tenha e que Deus conforte o coração da família e amigo”, lamentou inconformado o ativista Dinho Moraes, ex-presidente da AGLTPIN.

O amigo Silvio Círio registrou. “O que está acontecendo hoje? Meu Deus do céu. Vá em paz, minha amiga, Isabella Beltrao Beltrao . Chegar em Parintins e não lhe ver mais pra darmos uma volta de moto, será algo tão estranho. Que dia triste”.

Gente infelizmente esse mal ainda não tem cura,ainda não temos vacina,então o cuidado pessoal ainda é a melhor prevenção. Obrigado por ter existido em nossas vidas. Descanse em paz minha querida Bruna.😭💔💐🏳️‍🌈”, escreveu Rômulo Vlasak.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui