Início Destaque Covid leva médico que atendia de graça em TabatingaComoção no inteiror

Covid leva médico que atendia de graça em Tabatinga
Comoção no inteiror

852
0

A Região do Alto Solimões, especialmente a cidade de Tabatinga, parou para se despedir do médico irurgião Rogélio Campuzano, que faleceu no Delphina aos 45 anos, vítima da covid-19. Ele era muito querido na cidade, especialmente porque fazia mutirões de atendimento em dos lugares mais carentes do Amazonas.

Foram 15 anos de Medicina em Tabatinga e 26 dias de luta pela vida em Manaus. O corpo foi levado de avião e um grande cortejo seguiu para o sepultamento, onde a mãe do médico se abraçou ao caixão do filho no Cemitério São Lázaro, em homenagem ao médico. Rogélio Campuzano era colombiano, mas naturalizado brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui