Início Destaque David Almeida justifica viagem de R$ 100 mil à Espanha: ‘fui um...

David Almeida justifica viagem de R$ 100 mil à Espanha: ‘fui um exemplo de prefeito’
Explicações

128
0

Pressionado pela imprensa e pela opinião pública após virar notícia nacional na Rde Globo, o prefeito de Manaus decidiu falar sobre sua polêmica viagem para Barcelona, onde passou quatro dias com todas as depessas pagas pelos cofres públicos, gerando gastos de R$ 100 mil.

Nesta sexta-feira durante o lançamento de um parque temático na zona Leste de Manaus. “Eu fui participar de um feira internacional de esporte, em uma das maiores maratonas do mundo. Havia [representantes de] cidades como Amsterdan, Bruxelas, Londres, Chicago e Manaus também estava lá, com o seu estande. O estande mais visitado da feira, inclusive”, disse, sem apresentar dados oficiais.

David Almeida tem 15 dias para explicar porque não declarou os gastos da viagem no Diário Oficial do Município, como manda a Lei. A Câmara de Vereadores aprovou requerimento pedindo explicações.

O prefeito, ainda assim, insiste na tese de que tudo está correto. “Eu fui divulgar a minha cidade, eu fui um exemplo de prefeito para o mundo, eu fui o garoto propaganda da minha cidade. Ninguém gastou nada, eu investi. Dei entrevista para toda a TV esportiva mundial, e eu estou sendo convidado para ir para vários lugares do mundo todo falar sobre Manaus”.

Comitê de Combate à Corrupção denuncia viagem ao MPE

O Comitê Amazonas de Combate à Corrupção encaminhou, nesta sexta-feira, 13, ao procurador-geral de Justiça do Amazonas, Alberto Nascimento Júnior, uma representação contra o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), em razão da falta de transparência na viagem. Na representação, o comitê aponta “ausência de publicidade sobre os gastos, os motivos, as finalidades e outros elementos indispensáveis à viabilização do controle social da aplicação e da gestão da coisa pública.”

Para o Comitê, “o custeio de deslocamentos de servidores públicos para cidade diversa da sede em que lotado não lhe pode servir para lazer, divertimento, turismo ou prática de esportes, mas deve se vincular, de forma estrita às finalidades essencialmente públicas, sob pena de quebra da legitimidade de um gasto público.”

O órgão destaca ainda que “diante da notícia de que David Almeida, Prefeito do Município de Manaus/AM, pode ter usado de forma indevida, em atividade privada, recursos públicos, o Comitê solicita adoção das providências cabíveis.”

Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp do Portal Repórter Manaós

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui