Início Destaque Delegada salva menina de 13 anos da escravidão sexual em ManacapuruCaso complicado...

Delegada salva menina de 13 anos da escravidão sexual em Manacapuru
Caso complicado e nojento

320
0

A popualação de Mancapuru ainda está chocada com a história revelada na cidade nesta sexta-feira. Um homem de 29 anos, que se fazia passar por pai de uma menina de 13, na verdade a mantinha como escrava sexual dentro de casa.

Sob o comando da delegada-geral Emília Ferraz, coordenação da delegada Roberta Merly, titular da unidade policial, e com o apoio do Conselho Tutelar, ele foi preso, em casa, localizada no bairro São José, naquele município.

Segundo a delegada Roberta Merly, a vítima, uma adolescente de 13 anos, em depoimento, disse que sofria maus-tratos por parte dos familiares em Manaus. Foi quando conheceu o infrator e decidiu fugir na companhia dele para Manacapuru. No município, o homem alegava ser pai da vítima para não levantar nenhuma suspeita sobre a fuga dos dois. “Além de sofrer agressões físicas, a menor relatou que passou a ser maltratada por ele e além disso, era obrigada a manter relações sexuais mesmo contra a sua própria vontade. O caso chegou até nós, por meio do Conselho Tutelar, pois receberam uma denúncia anônima”, explicou Roberta.

Ainda segundo a delegada, o infrator responde, em Manaus, pelos crimes de roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. A menor foi encaminhada para a casa de acolhimento e o infrator será encaminhado à unidade policial do município, onde permanecerá encarcerado à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui