Início Destaque Em Manaus, motorista de APP é morto à queima-roupa por passageiros após...

Em Manaus, motorista de APP é morto à queima-roupa por passageiros após discussão
Mael Gledson ainda chegou a pedir socorro, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no local

180
0

O Motorista de Aplicativo Mael Gledson Abreu da Silva, de 27 anos, foi morto covardemente, na noite desta sexta-feira (20), com três tiros; no rosto, tórax e costas. O crime aconteceu após a vítima discutir com dois passageiros não identificados em um posto de gasolina na entrada do bairro Manôa, localizado na Zona Norte de Manaus.

Conforme relatos preliminares da Polícia Militar, antes de morrer, Mael chegou a pedir socorro para os colegas por meio de um aplicativo de mensagem e relatou a briga com os passageiros. Segundo a mensagem enviada, ele informou que a dupla saiu do carro já ameaçando-o e pegando um mototáxi.

Em curto tempo, os dois retornaram até o posto de gasolina, armados e mataram o motorista. Fugindo em seguida. Integrantes do grupo qual Mael participava e outro colegas de profissão estiveram no local do crime para socorrer o amigo, mas já encontraram ele sem vida.

O cadáver foi recolhido para o Instituto Médico Legal (IML) e a Polícia Civil do Amazonas está investigando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui