Início Policial Jovem morta em praia por conhecido foi obrigada a cavar a própria...

Jovem morta em praia por conhecido foi obrigada a cavar a própria cova, diz PC

110
0
Imagem: Aquivo Pessoal; Divulgação/Polícia Civil-SC

POLÍCIA – A promotora de vendas Amanda Albach, de 21 anos, encontrada morta nesta sexta-feira (3), na praia de Itapirubá, em Imbituba, litoral de Santa Catarina, cavou a própria cova antes de ser morta por um conhecido, segundo a Polícia Civil.

Ela teria sido morta por fotografar um homem armado, com histórico de tráfico de drogas, que temeu ser denunciado. A vítima estava desaparecida desde 15 de novembro, um dia depois de ser vista pela última vez no beach club P12, em Jurerê Internacional, região nobre de Florianópolis. Um dos suspeitos de matá-la era um colega que a acompanhava na balada.

O trio de suspeitos — composto por um casal que acompanhou Amanda em viagem durante o feriadão da Proclamação da República e um homem, visto com ela na festa — foi preso ontem, em Canoas (RS). Eles moravam juntos em Imbituba, a 90 km de Florianópolis, e hospedaram Amanda no feriadão da Proclamação da República.

A vítima era promotora de vendas e saiu de Fazenda Rio Grande (PR) para curtir a folga. A Polícia Civil passou a tratar os amigos como suspeitos no desparecimento após informações desencontradas nos depoimentos deles ao longo da investigação, informou o delegado Bruno Fernandes.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui