Início Sem categoria Mulheres são presas por tráfico de drogas, roubo e sequestro em Manaus...

Mulheres são presas por tráfico de drogas, roubo e sequestro em Manaus
A infratora induziu a vítima a efetuar pagamentos via pix e a realizar compras no cartão de crédito

141
0
Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 11º Distrito Integrado de Polícia (DIP), prendeu em flagrante, nesta sexta-feira (27/05), Joana Seila Marinho Dos Santos, e uma mulher trans, identificada apenas como Thalyta, de 25 e 24 anos, respectivamente, por tráfico de drogas. A ação policial ocorreu no bairro Coroado, zona leste de Manaus.

Thalyta também foi indiciada por roubo agravado pela restrição da liberdade da vítima.

De acordo com o delegado Antônio Rondon, titular da unidade policial, na madrugada de quinta-feira (26/05), um homem foi abordado por Thalyta e por outro indivíduo, com a desculpa de que a mulher precisava de “ajuda”. Posteriormente, a dupla levou a vítima até a uma residência, situada na rua 5 de junho, no Coroado, onde se encontravam outras duas mulheres trans e estas o obrigaram a efetuar pagamentos e realizar compras no cartão de crédito, um prejuízo estimado em R$ 11 mil.

“A vítima compareceu ao 11º DIP e registrou um Boletim de Ocorrência (BO). De imediato, iniciamos as diligências em torno do caso e nos deslocamos até a localidade. Ao chegarmos, pedimos autorização para entrar na residência e encontramos Joana e Thalyta”, esclareceu Rondon.

Conforme o titular, a vítima reconheceu Thalyta como uma das autoras do roubo cometido via pix. Joana, assim como a segunda infratora, estava em posse de 100 pinos de substância de cocaína, momento em que foi dado voz de prisão em flagrante para as duas.

Rondon ressaltou que é importante a realização do BO nos primeiros momentos após o crime, para que sejam preservadas as informações e as diligências em torno dos casos possam ser iniciadas.

Joana irá responder por tráfico de drogas e Thalyta por tráfico de drogas e roubo agravado pela restrição da liberdade. Ambas ficarão à disposição da Justiça.

Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui