Início Destaque Relatos de uma médica curada em Parintins: “Essa doença me ensinou tudo”Palavra...

Relatos de uma médica curada em Parintins: “Essa doença me ensinou tudo”
Palavra tocante

310
0

Após 15 dias internada em Parintins, doente de covid-19, Raysa Paulain deu um testemunho verdadeiro sobre o que é adoecer e ter de enfrentar o coronavírus. “Essa doença me ensinou a entender tudo que não aprendi na faculdade sobre a dor, a percepção de dor. Antes subjetivada, estigmatizada , entendida algumas vezes como absurda e Deus foi tão perfeito em minha vida que me colocou no ponto mais forte desse sentimento.”, escreveu.

Esposa do cantor e compositor Israel Paulain, ela voltou para casa e foi recebido pelo filho com flores. “Nesses 15 dias, todos os tipos de dores me acometeram, a dor física, imaginada, psicológica, dor do outro, dor da perda, dor do abandono e solidão. A dor nos ensina muito mais que a alegria! Repito: a dor nos desperta!”.

Longe de ser um texto de lamento, é um texto de aprendizado. “A dor esses dias com essa doença me ensinou mais que me machucou . Ensinou a olhar pra dentro, ensinou a olhar ao redor e viver um dia de cada vez, a dor me ensinou que é muito importante ter pessoas na nossa vida , mas no final de tudo somos os responsáveis por nosso céu e mazelas. Eu preciso, você precisa, todos precisamos do outro, mas se não pararmos uma vez na vida e aprendermos que só nós próprios podemos mudar o que sentimos, ninguém vai nos ensinar se não for pela dor”.

Hoje Parintins tem 1001 casos confirmados, é o quarto município do interior mais atingido pela covid, e já registrou 50 mortes. Por fim, Raysa falou do medo da morte. “A incerteza do amanhã foi a parte mais dolorida, nela eu me imaginava indo, sem saber quem cuidaria do meu filho, nela imaginava como ficariam meus pacientes, e no final percebi que tudo ficaria do jeito que deveria ser, afinal a gente vai e a vida prossegue. Mas o que mais lindo que esse momento e essa dor me ensinou foi que ela também passa, ela tb se vai e que junto vão todos os sentimentos que não fazem mais parte do que pensamos sobre modo de viver, e o que aparece é um novo ser, evoluído e pronto pra enfrentar o que vier . Obrigada dor , eu não te escuto mais.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui