Início Policial Sargento do Exército é preso por tentar matar PM em briga de...

Sargento do Exército é preso por tentar matar PM em briga de trânsito
"Ele também tinha outras acusações em sua ficha criminal", disse delegado

471
0
Foto: Divulgação

Manaus – Polícias civis do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), cumpriram na tarde de segunda-feira (18), por volta das 14h, mandado de prisão preventiva em nome do sargento do Exército Brasileiro (EB) Janilson Cury Cuesta, 42, pela tentativa de homicídio de um 2° sargento da Polícia Militar do Amazonas de 44 anos. O crime aconteceu na noite do dia 29 de março deste ano, no bairro Nova Esperança, zona oeste da cidade, após uma discussão de trânsito.

Na ocasião do delito, Janilson se apresentou na unidade policial acompanhado de um advogado e se reservou no direito de se manifestar apenas em juízo. Foi instaurado Inquérito Policial (IP) onde, no decorrer das investigações, foi constatado indícios da autoria do crime.

De acordo com o delegado Guilherme Torres, no dia do crime, Janilson discutiu com com o PM na frente da casa da vítima por motivo fútil. ” A rua é estreia e a vítima pediu para o suspeito tirar o carro que estava na frente da casa da mãe dele. O infrator não gostou. Foi até o veículo pegou a arma e atirou contra o policial militar. Os tiros atingiram as costas e abdome da vítima. Que até o momento não se recuperou. O que foi testemunhado pelos vizinhos”, disse a autoridade policial.

Ainda conforme o delegado, depois de cometer o crime, o sargento do EB se apresentou na delegacia, e foi liberado por ter se apresentado espontaneamente. Porém, durante investigação a policia comprovou que Janilson havia praticado outros crimes da mesma natureza. “Enquanto ele estava em liberdade após cometer essa tentativa de homicídio, a gente descobriu que ele teria se envolvido em outra briga e teria efetuado tiros na mesma rua onde ocorreu o crime anterior. O que foi comprovado por pericia balística. Ele também tinha outras acusações em sua ficha criminal e chegou a puxar arma e ameaçar outro homem durante outra discussão de trânsito”, revelou.

Janilson vai permanecer à disposição da Justiça.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui