Início Política “Tigresa Vip”: atriz pornô processa PT após ter pré-candidatura à deputada estadual...

“Tigresa Vip”: atriz pornô processa PT após ter pré-candidatura à deputada estadual suspensa

73
0
Foto: Divulgação

POLÍTICA – O Partido dos Trabalhadores (PT) anunciou no dia 14 de abril, a pré-candidatura à deputada estadual da atriz pornô Esther Caroline Perralto, conhecida como “Tigresa VIP”. Ela mora na região de Alta Floresta, Mato Grosso.

Na época, a informação foi confirmada pelo deputado mato-grossense Lúdio Cabral (PT). Mas, quatro dias depois, o Diretório Estadual através de uma votação realizada em um grupo de Whatsapp decidiu suspender a filiação de Ester.

A mulher recorreu então da decisão ao Diretório Nacional do PT, que confirmou a suspensão no dia 13 de maio.

Na noite desta última terça-feira (24), advogados da atriz pornô Ester Caroline Pessato, de 24 anos, ajuizaram ação contra o Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores em Mato Grosso para garantir a filiação dela ao PT.

A veículos de imprensa locais, líderes do partido, como o deputado estadual Valdir Barranco, alegaram irregularidades no processo de filiação de Ester. Ela teria se filiado no município de Barão de Melgaço sem autorização do diretório municipal.

A juíza da ação argumentou dizendo que deve constar que a Demandante tinha solicitado a transferência de seu título de eleitor para o município de Barão de Melgaço/MT, onde mora atualmente.

“Materializada a mudança de seu domicílio eleitoral, a sua filiação partidária também foi transferida”, disse.

Segundo os advogados de Ester, o processo de suspensão da cliente foi realizado sem transparência, direito ao contraditório e ampla defesa.

Fonte: Metrópoles/Dol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui