Início Destaque APÓS 60 MORTES, SÁBADO É “DIA D” CONTRA A H1N1

APÓS 60 MORTES, SÁBADO É “DIA D” CONTRA A H1N1

662

Como parte da estratégia para alcançar a meta de vacinar 90% das 455.083 pessoas dos grupos prioritários contra a Influenza, a Prefeitura de Manaus realiza neste sábado, 30/3, o ‘Dia D’ da campanha, reforçando a importância da imunização para grávidas. A preocupação se deve ao alto risco de complicações que a doença pode causar durante a gestação e porque, desde o início da vacinação, esse é o grupo com menor percentual de imunização, 43%. Crianças de seis meses a menores de seis anos e idosos também recebem atenção especial por estarem mais suscetíveis a agravamentos.

“Já vacinamos mais de 291 mil pessoas, o que equivale a 63,98% do público-alvo, o que é muito bom. Por outro lado, grávidas formam o grupo que apresenta o menor percentual de vacinação e no qual as complicações podem ser gravíssimas para a mãe e para o bebê. Por isso faço um apelo para que as grávidas, em qualquer período da gravidez, compareçam aos postos de vacinação neste sábado”, destaca o prefeito Arthur Virgílio Neto, que estabeleceu que a meta de vacinação seja atingida em 15 dias na capital.

A abertura do ‘Dia D’ da Campanha de Vacinação contra a Influenza (vírus H1N1) será às 9h, na Unidade Básica de Saúde (UBS) Arthur Virgílio Filho, localizada na Travessa 10, nº 3.015, no bairro Amazonino Mendes. Em toda a cidade haverá 200 postos funcionando das 8h às 17h, onde as pessoas dos grupos prioritários poderão receber a imunização. A lista com os endereços dos locais de vacinação está disponível no site da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no link https://semsa.manaus.am.gov.br, basta clicar no banner H1N1.

INFORME 

O Informe Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), da Sala Municipal de Vigilância em Saúde, divulgado na manhã desta quinta-feira, 28/3, indica que em Manaus, até o dia 27, já haviam sido vacinadas 291.173 pessoas, o equivalente a 63,98% do total estimado pelo Ministério da Saúde, de 455.083. A meta estabelecida pelo MS é imunizar 90% deste total, o que representa 409.574.

De acordo com o informe, o grupo das grávidas requer atenção redobrada porque continua sendo o de menor percentual de vacinação, 43%. O grupo de crianças de seis meses a menores de seis anos também terá intensificação na vacinação porque só foram vacinadas 114.014 das 191.678 crianças que precisam receber o imunizante. Os grupos de professores e idosos registram os maiores números percentuais de imunização – 84,09% e 74,90% respectivamente.

O Informe Epidemiológico aponta, ainda, a elevação, de 49 para 60, no número de mortes por SRAG, sendo 31 por Influenza; 13 por Vírus Sincicial Respiratório (VSR); 14 por outro agente etiológico e/ou não especificado; e duas por outros vírus respiratórios

Artigo anteriorCHEIA DO RIO NEGRO AFETARÁ 15 BAIRROS DE MANAUS EM 2019
Próximo artigoPOLÍCIA CAPTURA MENOR ASSALTANTE NO JORGE TEIXEIRA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui