Início Policial CIF fecha oito bares durante final de semana em ManausA Central Integrada...

CIF fecha oito bares durante final de semana em Manaus
A Central Integrada de Fiscalização (CIF) vistoriou 35 bares em diferentes localidades

779
0
Foto: Divulgação/SSP-AM

Entre a noite de sexta-feira (04/12) e a madrugada desta segunda-feira (07/12), a Central Integrada de Fiscalização (CIF) vistoriou 35 bares em diferentes localidades de Manaus. Nove foram autuados por irregularidades e oito foram fechados por descumprimento do decreto estadual de prevenção da Covid-19. A CIF é coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).

Com um efetivo de 88 servidores, a Central atuou com orientações de prevenção ao Covid-19 e autuando os locais vistoriados que apresentavam irregulares. As mais comuns foram falta de licenças sanitárias e do Corpo de Bombeiros ou documentos que comprovam que o local é seguro para funcionar.

No Novo Aleixo, zona norte de Manaus, a CIF encerrou as atividades em um bar em razão de diversas irregularidades. Na ocasião, 14 narguilés foram apreendidos. O estabelecimento foi autuado pela VISA Manaus por não atender as medidas sanitárias de distanciamento, causando aglomeração. O local também não possuía Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), rota de fuga, iluminação de emergência e extintor despressurizado.

Na praça do Eldorado, na zona sul de Manaus, um restaurante foi notificado pelo Corpo de Bombeiros, pois estava funcionando sem o AVCB e sem equipamentos de combate a incêndio. O mesmo estabelecimento foi autuado pela Visa Manaus por funcionar sem licença sanitária e por ausência de cuidados preventivos para a Covid-19.

No Parque Dez, um bar foi notificado pelos Bombeiros por não ter o Auto de Vistoria. No Santa Etelvina, um bar foi autuado pela Visa Manaus porque não possuía licença sanitária e descumprir o decreto estadual de prevenção da Covid-19.

As equipes também fizeram orientações a 33 estabelecimentos para promoverem melhorias no distanciamento entre os clientes.

Para denunciar estabelecimentos comerciais ou festas clandestinas que descumprem o decreto governamental ou possua outras irregularidades, basta acionar o 190. Conforme informações da polícia, todas as denúncias são checadas e repassadas às equipes da Central Integrada de Fiscalização.

Veja o vídeo de uma das ações;

*Com informações da Assessoria de Comunicação da SSP-AM 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui